signature

Divulgação de marcas e serviços nas redes sociais.

 

Maria José Basso

Diretora de Conteúdo

Muito se tem ouvido que a grande onda do Facebook está passando e novos canais em breve irão superá-lo na dinâmica das interações sociais. O fato é que, com 105 milhões de usuários no Brasil (1,6 bilhão no mundo), o Facebook representa ainda uma grande força que pode ser usada na divulgação e apoio institucional de uma marca ou produto. Aliar esses usuários aos conectados via WhatsApp (100 milhões no Brasil, 900 milhões mundo) funcionaria como fonte de engajamento e possibilidades de concretização de negócios para os setores de varejo e serviços, por exemplo.

Como fatores de comparação, o Twitter dispõe hoje de 34 milhões de usuários no Brasil (320 milhões mundo) e o Instagram 37 milhões (550 milhões mundo). Ambas são redes também muito interessantes como instrumentos de ampliação de contatos e interações com potenciais usuários e clientes.  Personalidades públicas, portais de notícias e artistas têm no Twitter  um bom  caminho para ir ao encontro de fâs  e leitores. Negócios que tem nas imagens uma boa base de sustentação, como os setores de Turismo e Paisagismo,  podem conquistar um alto engajamento com o Instagram.

O Youtube chegou a 80 milhões de usuários no Brasil no final do ano passado (1 bilhão no mundo) e tem 70% dos seus usuários na geração Millenium. Milleniuns são os jovens que nunca viveram sem internet. Eles têm no Youtube sua grande fonte de informação, onde escolhem livremente o que assistir, de acordo com seus gostos pessoais, necessidades e personalidades.  Onde e como querem.

Muitos aspectos devem então ser considerados quando uma empresa define por sua inserção digital. O primeiro ponto fundamental ao escolher onde e como a empresa irá interagir nas redes sociais é ter clareza da necessidade de oferecer aos usuários um conteúdo de qualidade, que realmente agregue valor na vida dessas pessoas. Esse conteúdo deve ser produzido por profissionais qualificados, com critério e ética, levando em consideração o perfil e o interesse do público que se quer atingir. Transparência, regularidade, honestidade e rapidez nas respostas, quando acionada a empresa por meio desses canais, devem ser outras diretrizes a serem seguidas.

Para obter bons resultados no meio digital devem ser observadas as características de cada um desses canais, cruzar essas informações com o perfil da empresa e de seu público-alvo, com seus projetos  e objetivos, e traçar as estratégias mais eficazes para o sucesso desse relacionamento. Até a próxima!